AVIAÇÃO EM NOVAS ROTAS

Em 6 de outubro de 2017 por Torba Azenha em Destaque, Highlights, Pesquisa

Torba Azenha

Três notícias, confirmadas esta semana, dão a dimensão da busca empreendida pela indústria da aviação para se reinventar.
A Boeing adquiriu a Aurora Flight Sciences, uma empresa que se concentra em sistemas de voos autônomos, projetados para transformar os aviões em veículos robóticos. A Boeing diz que a aquisição da Aurora irá ajudá-la a impulsionar o desenvolvimento desses veículos, tanto para uso militar quanto comercial.

Já a Airbus quer colocar seu táxi voador no ar no próximo ano. Chamado de CityAirbus, o equipamento teve o sistema de energia elétrica, que o impulsionará pelo céu, testado com sucesso. O CityAirbus decola e pousa verticalmente e pode levar até quatro passageiros em vôos curtos por áreas urbanas densas. Ele foi projetado para ser operado por piloto humano num primeiro momento, mas o sistema que o tornará totalmente autônomo está em desenvolvimento.

CityAirbus

A Zunum Aero, startup de Seattle, patrocinada pela Boeing e pela JetBlue Technology Ventures, anunciou planos para iniciar as vendas do seu primeiro avião elétrico híbrido em 2022. É um veículo de 12 lugares capaz de voar até 700 milhas a um preço de US$ 250 por hora. A empresa espera que isso possa mudar completamente o setor aéreo regional, um mercado estimado em US$ 1 trilhão em todo o mundo.

Zunum

 

Veja um dos primeiros testes do X-Plane da Aurora