CÉREBRO HUMANO LIGADO À INTERNET PELA PRIMEIRA VEZ

Em 18 de setembro de 2017 por Torba Azenha em Destaque, Highlights, Pesquisa

Torba Azenha

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Wits, de Joanesburgo, deu um grande passo no campo da engenharia biomédica. De acordo com notícia da Medical Express, pela primeira vez, cientistas desenvolveram uma maneira de conectar o cérebro humano à internet em tempo real. O projeto, apelidado “Brainternet”, basicamente transforma o cérebro “em um ‘nó’ da Internet das Coisas na rede (WWW)”.

O projeto trabalha convertendo sinais de eletroencefalograma – EEG – (ondas cerebrais) em uma corrente de código aberto que são organizados através do dispositivo Emotiv EEG. Os sinais são então levados para um computador que transmite os dados para uma interface e os exibe em um site aberto, onde qualquer pessoa pode visualizar.

A Brainternet é um marco nos sistemas de interface cérebro-computador. Ele começa a processar e organizar dados e dar caminhos para a compreensão sobre como um cérebro humano funciona.
Muita gente está investindo pesado em pesquisas do “neural link”. Um exemplo é Elon Musk e o seu Neural Lace: