EXÉRCITO AMERICANO BANCA PROJETO ‘MATRIX’: CÉREBROS CONECTADOS A COMPUTADORES

Em 19 de julho de 2017 por Torba Azenha em Destaque, Highlights, Pesquisa

Torba Azenha

A DARPA (Defense Advanced Research Projects Agency) assinou contratos com cinco organizações e uma empresa para desenvolver implantes neurais que permitam a comunicação entre o cérebro e os sistemas digitais. O financiamento de US$ 65 milhões vem no âmbito do programa NESD (Neural Engineering System Design), lançado no ano passado, sob a BRAIN INITIATIVE (administração Obama), que quer pesquisar e desenvolver uma interface neural de alta resolução.

A Paradromics, empresa ligada a Universidade de San José e Brown, irá focar aspectos de audição e fala, enquanto a Universidade de Columbia, Fondation Voir et Entendre de Paris, John B. Pierce Laboratory e a Universidade da Califórnia, Berkeley, estudarão a visão.
A NESD quer projetar um sistema implantável capaz de converter a sinalização eletroquímica utilizada pelos neurônios do cérebro para os “uns” e “zeros” que constituem a linguagem da tecnologia da informação.
Com esta notícia, surgiram na internet dezenas de teorias da conspiração inspiradas no filme Matrix, mas o NESD se defende afirmando que esses dispositivos neurais avançados serão capazes de criar terapias de restauração sensorial e que têm potencial para abrir novos caminhos no desenvolvimento da inteligência artificial.
Mais informações aqui