Causa de morte

FUNDAÇÃO GATES INVESTE EM PESQUISA SEDIADA NO IEA DA USP

Em 23 de novembro de 2016 por HiArbix em Highlights, Pesquisa

Torba Azenha

O estudo é coordenado pelo diretor do Instituto de Estudos Avançados (IEA), o patologista Paulo Saldiva, para desenvolver métodos que permitam determinar a causa imediata e a causa básica (doença principal) da morte. Com esses indicadores em mãos, é possível definir políticas públicas de saúde ou verificar sua eficiência.

O interesse da Fundação Bill & Melinda Gates se explica pela possibilidade que o trabalho oferece para ser aplicado em escala global e atender vários países em desenvolvimento, criando uma conexão com outras atividades da entidade na área de saúde.

Com o nome “Avaliação de Novas Alternativas para Aumentar a Precisão na Determinação da Causa de Morte: Uma Abordagem Baseada na Autópsia” o projeto recebeu US$ 100 mil para sua fase inicial que, com mil autopsias minimamente invasivas (em São Paulo), combinadas com imagens de ultrassom, poderá determinar com precisão a causa da morte. Se o método apresentar bons índices de confiabilidade vai receber mais US$ 1 milhão para ampliar seu levantamento para outras regiões do Brasil e para países africanos.