PRIMEIRA PÍLULA DIGITAL É APROVADA NOS EUA

Em 22 de novembro de 2017 por Torba Azenha em Destaque, Highlights, Saúde

Torba Azenha

A Food and Drug Administration aprovou a primeira pílula digital. Ela pode rastrear se os pacientes tomaram (ou não) a medicação.
A pílula chamada Abilify MyCite, está equipada com um pequeno sensor ingerível que transmite dados para o aplicativo de smartphone do paciente ou do seu médico. Abilify é uma droga que trata a esquizofrenia, transtorno bipolar e depressão. É uma inovação para resolver o problema de pacientes que não tomam a medicação corretamente, comuns nesses tipos de doenças.
O Abilify MyCite tem um sensor do tamanho de um grão de areia feito de silício, cobre e magnésio. Um sinal elétrico é ativado quando ele entra em contato com o ácido do estômago (o sensor passa pelo corpo naturalmente). Um adesivo, que o paciente usa na caixa torácica, recebe o sinal alguns minutos após a ingestão e depois envia os dados, como a hora em que a pílula foi tomada e a dosagem, para o aplicativo via bluetooth.
O médico do paciente e até quatro outras pessoas escolhidas, incluindo membros da família, podem acessar a informação. O paciente pode revogar o acesso a qualquer momento.
A pílula chega após anos de pesquisa da empresa farmacêutica japonesa Otsuka e do serviço de medicina digital Proteus Digital Health, que faz o sensor.