TECNOLOGIA: QUEM INVESTE TEM

Em 24 de julho de 2017 por Torba Azenha em Destaque, Highlights, Pesquisa

Glauco Arbix, de San Francisco

A economia americana cresce pouco. Mas o país continua investindo muito em tecnologia, principalmente nas áreas que alteram a dinâmica das economias e moldam hábitos e tendências mundiais.

Relatório da PwC, com dados segundo trimestre de 2017, mostra o crescimento do Venture Capital com a liderança avassaladora da Califórnia sobre todo o resto dos Estados Unidos, com investimentos quase quatro vezes maior do que as regiões da Nova Inglaterra e Nova Iorque.

O levantamento dividiu pela primeira vez o Silicon Valley da região de San Francisco. Esta, sozinha, recebeu nos seis meses deste ano cerca de US$ 8 bilhões, enquanto que a região do Silicon Valey, US$ 6,2 bi. Esses resultados mostram uma Califórnia a todo vapor, com destaque para os investimentos exuberantes de empresas como Uber, Pinterest, Dropbox e Airbnb, concentradas nas áreas como a saúde (cerca de 30%), inteligência artificial, internet e comunicações. Grosso modo, os dados desagregados mostram que o investimento total em VC nos Estados Unidos se repartiu basicamente entre as modalidades de “seed capital”, com 30%, e as empresas em “early stage” de desenvolvimento, que receberam também cerca de 30% (os demais 40% foram para expansão e empresas maduras).

No universo global, a América do Norte registrou US$ 18,8 bilhões, contra US$ 4,4 bi da Europa e US$ 19,9 na Ásia. Pela primeira vez, os países asiáticos receberam mais investimentos do que os da América do Norte, exibindo um crescimento de 28%. Ou seja, de cada dólar investido em VC no mundo, 45 centavos foram para as empresas na Ásia, com predominância para as tecnologias de informação e comunicação.