TODOS OS VEÍCULOS GM SERÃO ELÉTRICOS EM POUCOS ANOS

Em 4 de outubro de 2017 por Torba Azenha em Destaque, Energia, Highlights

Torba Azenha

Depois de mais de um século vendendo veículos que poluem a atmosfera, a General Motors divulgou que está encerrando sua relação com a gasolina e o diesel. O gigante automotivo anunciou seus planos para um futuro totalmente elétrico, com emissões zero. Dois novos modelos elétricos estarão nas lojas no próximo ano e pelo menos mais 18 até 2023.

Essa investida coloca a empresa americana na vanguarda de uma lista, cada vez maior, de fabricantes proclamando a era da eletricidade. Nos últimos meses, Volvo, Aston Martin e Jaguar Land Rover anunciaram movimentos similares. A declaração da GM, porém, é particularmente notável porque está entre as maiores montadoras do planeta. Ela vendeu 10 milhões de carros no ano passado.
A súbita onda elétrica da GM é planejada e leva seus acionistas em consideração. Trump pode estar se movimentando para reverter os requisitos de eficiência de combustível nos EUA, mas o resto do mundo está definitivamente apostando na era elétrica. França, Grã-Bretanha, Holanda e Noruega planejam proibir a venda de carros a gasolina e diesel na próxima década. Mais importante ainda, a China – o maior mercado de carros do mundo – e a Índia, uma estrela em ascensão, devem divulgar em breve seus planejamentos “all electric”.
A GM percebeu que hoje nenhuma montadora pode competir globalmente sem um plano viável e atrativo de produção de carros elétricos.