UMA ‘SELFIE’ PODE DETECTAR CÂNCER NO PÂNCREAS

Em 1 de novembro de 2017 por Torba Azenha em Destaque, Highlights, Saúde

Torba Azenha

O celular vai se firmando, junto com a inteligência artificial, em ferramenta fundamental nos avanços da medicina. A Universidade de Washington lançou o aplicativo para smartphone BiliScreen capaz de diagnosticar o câncer de pâncreas. E tudo o que precisamos fazer é tirar uma ‘selfie’ dos nossos olhos.
A tecnologia usa algoritmos e aprendizado de máquinas para identificar a icterícia nos brancos dos olhos dos pacientes. A icterícia é causada por altos níveis de bilirrubina, um composto amarelo que pode indicar os estágios iniciais do câncer de pâncreas.
Em um estudo com 70 pessoas, o aplicativo teve uma taxa de sucesso de cerca de 90 por cento, mesma precisão que os exames de sangue, o padrão atual.
Os pesquisadores esperam que as pessoas façam esse teste em casa, uma vez por mês, para detectar a doença com antecedência, aumentando significativamente as chances de sobrevivência.